Inicio Editorial Perspectiva da vacinação dos brasileiros

Perspectiva da vacinação dos brasileiros

Por urandionline

Não há outro assunto, que não seja a da perspectiva da vacinação dos brasileiros, contra um dos mais terríveis vírus que já assolaram a Humanidade. O corona  paralisou o mundo e vai continuar a fazê-lo, até que seja contido por uma vacina – ou várias delas – obtidas em laboratórios, em tempo ultra recorde de alguns meses. A urgência da solução é diretamente proporcional à urgência com que está crescendo o número de casos da doença e de mortes.

Uma segunda onda, que pode ser mais avassaladora que a primeira, faz tremer o mundo e, é claro, a todos nós. Mas, na mesma proporção em que há uma espécie de desespero para se encontrar uma solução para acabar com esse temido vírus, outro, tão complexo como o original, se forma na cabeça de muitas das nossas autoridades. Nesse momento, em que todos precisam estar unidos em torno do objetivo comum de matar o corona e salvar vidas, muitas das nossas autoridades transformam a questão num debate político-partidário-ideológico.

Começou com Bolsonaro contra os que não aceitavam o uso da cloroquina. Agora se ampliou com bate bocas sem fim entre o Presidente da República, junto com seu ministro da Saúde, Pazuello, contra o governador paulista João Dória e seus parceiros políticos. Ampliou-se como uma espécie de guerra da vacina, envolvendo governo federal, governos estaduais e prefeituras.

Governadores de oposição judicializaram o caso, junto ao STF, exigindo a liberação da vacina, mesmo sem aval da Anvisa. Governadores pró Bolsonaro, como mineiro Romeu Zema, defendem as ações da União e dizem que só o governo federal pode comprar vacinas e coordenar a aplicação na população brasileira.

Enquanto muitos políticos dão lição de como não se deve comportar numa pandemia, o pânico cresce no mundo e no Brasil. Ideologias exigem isso e exigem aquilo, enquanto o povo morre em hospitais e em UTIs lotadas.

A vacina é a prioridade total, lembreme-nos todos. Não dá para misturar política, vida e morte dos brasileiros. Quem o fizer agora, no futuro pode ter um duríssimo julgamento da população. É bom pensar muito sobre isso…

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar