Inicio Boca Maldita Eleições

Eleições

Por urandionline

Eleições

Diante do domínio das organizações criminosas, a Justiça Eleitoral monitora grupos que estariam se arquitetando para atuar diretamente nas eleições e assim influenciar no resultado nas urnas. Conversas com a Polícia Federal estão sendo mantidas com a finalidade de interceptar essas ações criminosas.

Inadmissível

É inadmissível que diante de uma pandemia, em que o uso da água se faz primordial para evitar a propagação da covid-19, Urandi  sofra com o desabastecimento pela ausência de um planejamento prévio do gestor que comanda o município.

Novo desenho

O que se observa, com essa pandemia causada pelo novo coronavírus (covid-19), no Brasil é a necessidade de conceder mais liberdade aos Estados. O modelo de centralizar tudo em Brasília parece arcaico. Governadores, prefeitos, deputados estaduais e vereadores tentam a todo custo sair do termo: “é inconstitucional”. Abrir o leque de assuntos que um deputado estadual pode ou não pode fazer parece necessário. Muda-se a Constituição. Papel cabe tudo.

Não caiam nessa

Não dá mais pra cair na conversa de quem diz se tratar apenas de histeria coletiva, de que é só uma gripezinha. Quem diz isso só se engana e coloca outros em risco. Cada um deve fazer a sua parte, tomar os cuidados necessários, reforçar sua saúde, higienização. Sem pânico, mas com muita conscientização para tomar todos os cuidados.

Nas redes

Nas redes parlamentares ostentando serem os mais atuantes. No hall de atuação muita indicação. Indicar é fácil. Em uma sessão pode se apresentar dezenas de indicações ao Executivo. Mais que indicação e projetos, ser atuante é ser participativo. Ir às sessões, debater, ir à tribuna. Ser presente nas reuniões das comissões, estudar, se aplicar. Isso é ser atuante. É preciso rever o conceito de “atuante”.

É atuante

Aos que achavam que o vereador Neto de Edi (PSD) seria uma figura apagada no parlamento municipal, enganou-se redondamente. Tem sido firme em seus discursos, feito bastantes questionamentos e, consequentemente, incomodado alguns colegas.

Qualificações

Não importa qual a cor que os prefeituraveis escolheram. Tanto faz se é verde, vermelho, preto, rosa, azul, afinal de contas, o que o eleitor deve ficar atento é nas qualificações de cada candidato.

Que coisa feia

Sei que a crise é cruel e muitos encontram dificuldade para pagar as contas e sustentar suas famílias, mas nada disso justifica o papelão de alguns que se acostumaram a viver de favores políticos. Uma coisa é você defender aquilo que sempre acreditou outra é esquecer tudo e mudar de opinião de acordo com suas conveniências.

Despreparados

Temos um exército de candidatos totalmente despreparados. Se alguém perguntar quais as funções de um vereador, pode ter certeza que a maioria não saberá responder. Os nossos pretensos vereadores não conhecem sequer a legislação eleitoral.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar