Inicio Esportes Corinthians marca nos acréscimos, vence o Athletico-PR e deixa zona de rebaixamento

Corinthians marca nos acréscimos, vence o Athletico-PR e deixa zona de rebaixamento

Por urandionline

Na estreia do técnico Vagner Mancini, Bruno Méndez é expulso, mas Timão consegue marcar com Everaldo aos 49 minutos do segundo tempo e ultrapassa o Furacão na classificação do Brasileiro

Na raça!

Uma vitória com cara de Corinthians! Na estreia do técnico Vagner Mancini, o Timão conseguiu vencer o Athletico-PR com um jogador a menos, marcando nos acréscimos. Aos 49 minutos do segundo tempo, Everaldo fez o gol da vitória por 1 a 0, na Arena da Baixada, em duelo válido pela 16ª rodada do Brasileirão. Mesmo com dez em campo, após a expulsão de Bruno Méndez aos 30 minutos da etapa final, a equipe paulista conseguiu segurar o Furacão, principalmente graças às boas defesas do goleiro Walter, substituto de Cássio, que estava suspenso.

Primeiro tempo

Preocupados com as últimas colocações do Brasileirão, Athletico-PR e Corinthians evitaram correr riscos e cometeram muitos erros na etapa inicial. A primeira grande chance foi dos visitantes, logo aos três minutos. Mateus Vital recebeu dentro da área e finalizou em cima do goleiro Jandrei. O Furacão respondeu aos oito, em chute de Geuvânio defendido por Walter. O substituto de Cássio ainda faria mais duas boas defesas no primeiro tempo, em cabeceio de Erick e chute de Christian. O Timão teve mais finalizações (4 x 8), menos posse de bola (58% x 42%) e viu o time da casa ter as chances mais perigosas nos 45 minutos iniciais.

Segundo tempo

O Furacão voltou melhor para o segundo tempo e com menos de 10 minutos exigiu três defesas de Walter, em chutes de Geuvânio, Renato Kayzer e Ravanelli. O maior milagre veio aos 15 minutos. De letra, Geuvânio deixou Kayzer livre, de frente para o gol. Ele avançou, invadiu a área e bateu no canto, rasteiro, mas o goleiro se esticou todo e espalmou. O Corinthians também teve uma chance incrível desperdiçada. Aos 25, após bom contra-ataque, Cazares cruzou na medida para Fagner, que quase na pequena área cabeceou para fora. Quando o Timão tentava equilibrar a partida, o zagueiro Bruno Méndez quase pôs tudo a perder. Aos 28, com a bola fora de jogo, ele desferiu um soco em Renato Kayzer e, após revisão do VAR, foi expulso. Porém, mesmo com um a menos, o Corinthians resistiu à pressão e conseguiu, aos 49 minutos, um gol salvador. Xavier ganhou disputa na raça e serviu Everaldo, que tocou entre as pernas do goleiro Jandrei.

Por:GE

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar