Inicio Esportes Corinthians bate o Palmeiras e ainda sonha com classificação

Corinthians bate o Palmeiras e ainda sonha com classificação

Por urandionline

Deu Timão!

O Corinthians ainda respira no Campeonato Paulista. Com um gol de Gil no primeiro tempo e uma sequência importante de defesas de Cássio na etapa final, o Timão venceu o rival por 1 a 0, em Itaquera, na noite desta quarta-feira, pela 11ª rodada, no Dérbi que marcou o retorno da competição após 128 dias de paralisação. Mesmo assim, o time alvinegro pode ser eliminado nesta quinta-feira, caso o Guarani vença o Botafogo-SP. O Verdão, por sua vez, entrou em campo já classificado, por conta da vitória da Ponte Preta sobre o Novorizontino, um pouco mais cedo.

Primeiro tempo

Logo aos dois minutos de jogo, Willian tentou surpreender Cássio com um chute de cobertura que acertou a trave. No lance seguinte, o goleiro do Corinthians defendeu em dois tempos um chute de Rony. A resposta dos donos da casa foi em chute cruzado de Everaldo. Weverton defendeu. Mas aos 14 minutos, após escanteio cobrado por Fagner, Gil cabeceou sozinho, a bola desviou em Felipe Melo, bateu no gramado e enganou o goleiro alviverde. Gol do Corinthians. Sem se encontrar em campo, o Palmeiras não conseguiu ameaçar em busca do empate. Luiz Adriano teve uma chance, mas se atrapalhou.

Segundo tempo

O Palmeiras partiu para cima do rival em busca do empate. E só não conseguiu nos primeiros minutos da etapa final porque Cássio apareceu bem. O goleiro do Corinthians salvou com o pé um chute perigoso de Willian e depois fez linda defesa em cabeçada de Vitor Hugo. Aos poucos, o jogo ficou morno, sem tanta movimentação, mas quando o Palmeiras ameaçou de novo, dessa vez com Raphael Veiga, Cássio apareceu de novo para salvar com bela defesa. O time visitante cresceu de novo, mas o goleiro estava inspirado. O corintiano pegou outro chute de Veiga e também de Patrick de Paula. Melhor no segundo tempo, o Palmeiras não conseguiu superar a boa atuação do goleiro adversário.

Por:GE

Foto: Cesar Greco

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar