Inicio Bahia Vale-alimentação contribui para a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias

Vale-alimentação contribui para a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias

Por urandionline

O Programa Vale-alimentação tem contribuído para a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias, neste momento de suspensão das aulas e de isolamento social, por causa do novo Coronavírus. O benefício, de R$ 55 por estudante, é um direito assegurado a todos que estão matriculados na rede estadual de ensino, aproximadamente 800 mil estudantes, e as compras podem ser feitas em mais de 18 mil estabelecimentos que aceitam a bandeira Alelo nos 417 municípios, distritos e povoados da Bahia. O investimento do Governo do Estado chega a R$ 88 milhões.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância do vale-alimentação estudantil. “Mesmo o benefício sendo voltado para o estudante, sabemos que acaba ajudando a todos dentro de casa, seja porque alguns pais ou mães não estão podendo trabalhar ou porque se encontram desempregados. Por isso, quando garantimos este suporte financeiro ao estudante para a compra de alimentos, temos a consciência que é algo mais abrangente e que oferece um conforto maior a estas famílias, neste momento de pandemia”, destacou.

Marilene Santos, mãe da estudante Karina Vitória, do Colégio Rotary, no bairro de Itapuã, em Salvador, falou sobre o que o auxílio representa para a sua família. “É um momento difícil. Como sou baiana de acarajé e também faço alguns trabalhos como diarista, ficou difícil trabalhar durante a pandemia. Então, este benefício garante que tenhamos uma ajuda na compra de alimentos. E agora com o cartão, facilita ainda mais porque posso realizar a compra no meu bairro”, destacou.

Betânia Leite Fontes, mãe de Laíse Leite Fontes, do Colégio Estadual Eurides Santana, no município de Poções, também falou sobre o auxílio. “É de suma importância este cartão-alimentação porque, diante desta pandemia, vieram diversas dificuldades. E esta atitude amenizou um pouco o que estamos passando neste momento”, disse.

O cartão vale-estudantil é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes. A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo Coronavírus.

O valor do vale-alimentação é acumulado no cartão para quem não recebeu a primeira etapa. Em caso de dúvida, o estudante deve entrar em contato com a escola onde está matriculado ou ligar para o 0800 284 0011.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar