Inicio Mundo Países latino-americanos fecham fronteiras para conter pandemia de coronavírus

Países latino-americanos fecham fronteiras para conter pandemia de coronavírus

Por urandionline

O Chile anunciou nesta segunda-feira o fechamento de todas suas fronteiras, numa região que está restringindo cada vez mais a circulação de seus cidadãos para conter a pandemia de coronavírus, incluindo o fechamento parcial de fronteiras no bloco Mercosul.

O anúncio responde a um forte aumento nos casos da Covid-19 no país, que dobrou o número de infectados nas últimas 24 horas, de 75 para 155.

Já a Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai anunciaram oficialmente o fechamento parcial das fronteiras na segunda-feira, afirmou no domingo o presidente paraguaio Mario Abdo Benítez.

Nesta segunda, o governo paraguaio determinou o fechamento das fronteiras e restrição de circulação interna de pessoas entre as 20H00 e 04H00 locais.

O Peru anunciou o fechamento das suas fronteiras durante 15 dias a partir da próxima terça. No país, que registrou 86 casos, militares patrulham as ruas para supervisionar o confinamento da população.

Segundo uma contagem da AFP, 818 casos de coronavírus foram registrados na América Latina, com sete mortes.

Na noite de domingo, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou a suspensão das aulas em todo o sistema educacional e o fechamento das fronteiras do país, ambos até 31 de março.

Também no domingo, o governo uruguaio determinou que suspenderá “até novo aviso” a chegada de todos os voos da Europa devido à epidemia de coronavírus.

Na Colômbia, onde o número de infecções praticamente dobrou entre o sábado e o domingo, a partir desta segunda-feira esta proibida a entra de estrangeiros no país.

O governo do Equador divulgou que a circulação de veículos e pessoas está restrita em todo país.

No território americano de Porto Rico foi imposto toque de recolher e o fechamento de centro comerciais, cinemas, academias e bares.

Já na República Dominicana foi registrada a primeira morte pelo novo coronavírus, segundo as autoridades locais.

Por:AFP

Foto: AFP / Martin BERNETTI

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar