Inicio Esportes Santos estreia com vitória sobre o Defensa y Justicia no Grupo G da Libertadores

Santos estreia com vitória sobre o Defensa y Justicia no Grupo G da Libertadores

Por urandionline

O Santos derrotou o estreante Defensa y Justicia por 2 a 1 em uma partida movimentada pela primeira rodada do Grupo G da Copa Libertadores 2020, disputada nesta terça-feira em Florencio Varela (periferia sul de Buenos Aires).

Juan Rodríguez (45+1) abriu o placar para os argentinos, mas o Peixe se recuperou no segundo tempo e virou com gols de Jobson (71) e Kaio Jorge (85).

Na próxima rodada, o time paulista vai receber o Delfín do Equador na terça-feira dia 10, enquanto o Defensa y Justicia visita o Olímpia do Paraguai, em Assunção.

– Surpresa –

Assim que a partida começou, foi o Santos quem se mostrou mais incisivo, com muita projeção nas laterais, principalmente à direita com Pará, que em um desses ataques apareceu para definir, mas Benítez defendeu.

O Peixe se moveu com um bloco compacto entre as linhas e conseguiu atrapalhar em alguns momentos com a habilidade do venezuelano Yeferson Soteldo e a mobilidade do uruguaio Sanchez.

Pouco a pouco, o Defensa começou a se acertar, desde a saída de bola, com muita mobilidade para tentar criar espaços, e assim chegou pela primeira vez pela direita com Rubén Botta, mas o volante acabou chutando fraco e sem problemas para o goleiro Éverson.

Com pressão em todos os setores, o Defensa passou a ter a posse de bola e a encurralar o time paulista. Pouco depois, os brasileiros se salvaram milagrosamente quando Cardozo chutou da entrada da área, a bola bateu na trave esquerda, atingiu as costas de Everson e, em vez de entrar no gol, passou por cima do travessão.

Quase no fim do primeiro tempo, veio o gol que abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Rodriguez desviou com força de cabeça, sem chances para Everson.

– Virada do Santos –

O jogo mudou pouco no segundo tempo, porque o Defensa manteve a posse da bola por um longo tempo, mas foi menos incisivo do que no começo, e lentamente Soteldo começou a crescerna partida. Ele passou a ganhar na velocidade de Benítez pelo lado esquerdo.

O time da casa quase aumentou em um outro escanteio que Lucero desviou de cabeça, mas o Santos logo respondeu com o gol de empate, que veio após uma arrancada de Sotelo pela esquerda e o cruzamento para a cabeçada do artilheiro Jobson, que entrou livre de marcação e mergulhou mandando para o fundo das redes de Unsain.

O Defensa y Justicia pareceu sentir muito a saída de Neri Cardozo, que distribuía o jogo no meio de campo, e se desorganizou. O técnico Jesualdo Ferreira acertou novamente com a entrada de Kaio Jorge, que fez 2 a 1 após uma falha na saída de bola do Defensa. Soteldo deu uma boa assistência e o jovem atacante ficou cara a cara com o goleiro, em quem a bola chegou a bater antes de entrar.

Assim, em poucos minutos, o Defensa, que havia dominado boa parte da partida, saiu de mãos vazias contra um Santos que teve menos posse de bola, que procurou muito menos o gol, mas que foi preciso quando teve suas chances e acabou conquistando três pontos valiosos.

Por:AFP

Foto: AFP / JUAN MABROMATA

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar