Inicio Polícia Salvador será laboratório de inovação na área de prevenção a crimes

Salvador será laboratório de inovação na área de prevenção a crimes

Por urandionline

Para facilitar as discussões entre motoristas por aplicativo, empresas e policias na elaboração de ações preventivas, um Grupo de Trabalho presidido pelo secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Teles Barbosa, foi instituído durante reunião na manhã desta quinta-feira (9), no Centro de Operações e Inteligência (COI), CAB.

Com participação de empresas Uber e 99POP e representantes do Sindicato dos Motoristas por Aplicativos e Condutores de Cooperativas do Estado da Bahia (Simactter-BA), o encontro iniciou os trabalhos do GT, que se reunirá novamente no próximo mês. “Nossa ideia é trazer inovações para políticas e protocolos na área de segurança e implementar melhorias para dar um atendimento mais rápido em casos de crimes contra esses profissionais”, adiantou o secretário da SSP.

Segundo ele, a ideia é fazer de Salvador um laboratório de inovação na área de prevenção de crimes contra motoristas de aplicativo. “Acredito que este é um ramo que lida com a tecnologia acima de tudo e a SSP está aberta a ajudar no que for preciso”, continuou.

ambém determinou a criação de estatística específica para crimes cometidos contra a categoria, para facilitar a análise da mancha criminal e subsidiar as ações policiais para o setor. No último mês, a SSP disponibilizou um canal de comunicação direto para os motoristas a fim de facilitar o acionamento policial em caso de ocorrências.

Os condutores também apresentaram demandas que devem ser aperfeiçoada pelas plataformas. Entre os pontos de atenção listados e sugestões apresentadas pelos motoristas estão mais rigor no cadastro dos passageiros, incluindo a divulgação do destino para o qual o profissional conduzirá o cliente, a criação de um botão do pânico para os motoristas, e a verificação do documento dos usuários no momento do cadastro nos aplicativos.

Fonte: Ascom: Kelly Hosana

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar