Inicio Brasil Juiz determina que Netflix tire do ar sátira natalina do Porta dos Fundos

Juiz determina que Netflix tire do ar sátira natalina do Porta dos Fundos

Por urandionline

 Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão do especial de Natal “A Primeira Tentação de Cristo”, da produtora Porta dos Fundos, uma sátira na qual Jesus tem uma experiência homossexual.

Em decisão liminar provisória, o desembargador Benedicto Abicair, acatou o pedido da associação católica Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, que tem como objetivo “acalmar a comunidade cristã e a sociedade brasileira” até que o assunto seja julgado mais profundamente.

Na primeira instância, o pedido havia sido negado. Por se tratar de uma decisão provisória, cabe apelação.

Em resposta à AFP, a produtora e a Netflix afirmaram não ter recebido a notificação judicial.

“A Primeira Tentação de Cristo”, que estreou na plataforma de streaming no último 3 de dezembro, tem sido alvo de críticas de políticos conservadores, evangélicos e católicos. Milhares de pessoas também assinaram uma petição no site charge.org pedindo a sua suspensão.

Em 24 de dezembro, na véspera de Natal, a sede da produtora, no Rio de Janeiro, foi alvo de um ataque com coquetéis molotov, sem deixar vítimas. Pelo menos quatro pessoas participaram da ação.

Um dos suspeitos identificados pela polícia, Eduardo Fauzi Richard Cerquis, é considerado foragido. Ele, que em 2013 foi preso por agredir o secretário de Ordem Pública do Rio de Janeiro e tem antecedentes que incluem agressões e ameaças, fugiu para a Rússia e por isso integra a lista de difusão vermelha da Interpol.

Por:AFP

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar