Inicio Editorial O clima começa a esquentar em Urandi,decretada a caça ao seu voto

O clima começa a esquentar em Urandi,decretada a caça ao seu voto

Por urandionline

Tem muita gente andando pela cidade toda agora, procurando por problemas para solucionar, procurando pessoas para ajudar, dando atenção a quem nunca deu, andando em ruas que nem sonhava existir, conversando com pessoas que não conversaria em outros tempos, abraçando fulano e cicrano só para bater uma foto, rindo de qualquer coisa, procurando o que falar para ficar em evidencia.

 Tem muita gente hoje, janeiro de 2020 poucos meses antes da eleição, preocupada com o povo urandiense.

 Tem muita gente prometendo mundos e fundos. Dizendo que vai resolver isto e aquilo, que vai fazer assim e assado e que vai deixar a cidade melhor.

Nestes quatro últimos anos eles ficaram entocados e nada fizeram. Não andou uma rua, não procurou uma família pra ajudar, não reclamou de uma rua esburacada, não abraçou uma causa social ou comunitária, não assistiu a uma partida de futebol de pé em um canto do campo, não sentou-se à mesa do boteco lá naquele fim da cidade, não se preocupou com a rua de barro quando chove e de poeira quando faz sol, não quis nem saber se o estudante estava sendo bem preparado na escola, não procurou uma unidade de saúde para saber se o doente estava sendo bem medicado.

Com a chegada das eleições municipais, o voto é poderoso. Hoje quem manda é o povo. Todos querem ser o “Salvador da Pátria”. Todos querem abraçar o José e o João no boteco na periferia. Todos querem tomar café, mesmo frio, na casa de Dona Maria. Todos querem bater uma foto com os filhos de Dona Lena, sujos de jogar bola no campo de terra. Todos querem passar a mão na pele do cachorro carniceiro do Seu Antônio. Todos querem aparecer na foto com ao lado do eleitor. Todos querem ajudar a pagar a conta de luz da Dona Ana que não recebeu ainda a Bolsa Família. 

Chegou a eleição.

 As promessas pipocam. A solidariedade parece ser maior que Natal. As preocupações são visivelmente abraçadas…

No último dia (19/12) uma amiga moradora das Flores, recebeu a visita de cinco pré-candidatos em casa, sem falar que outros dois que o parou na rua para falar dos problemas da cidade, e de mais dois que foram até o seu trabalho para falar dos problemas do bairro, dos problemas da rua em que mora… E dos doze que conversou com ele, somente dois ele conhecia, os outros o tratou como velhos amigos.

Um candidato que nunca foi visto na rua daquela comunidade estava com a camisa suada, em plena duas horas da tarde,correndo de cachorros que lhe latiam, rindo pra quem nunca riu, participando de uma comunidade que nunca havia dado à mínima.

E depois, na cara dura – postou sua labuta nas redes sociais. Mostrando o que fez e o que faz. Mostrando sua luta. Mostrando seu trabalho. É – realmente estamos vendo o que eles fizeram, o que eles estão fazendo…

Foi decretada a caça ao seu voto. Seja esperto. Seja inteligente. Vote consciente… Tem muita gente honesta e que quer realmente fazer muita coisa pela cidade de Urandi.

Vamos abrir as urnas depois e ver no que deu…

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar