Inicio Esportes Bahia empata com o Vasco e se despede da torcida sob vaias

Bahia empata com o Vasco e se despede da torcida sob vaias

Por urandionline

O jejum de triunfos do Bahia na Arena Fonte Nova só poderá ser quebrado no ano que vem. Na despedida da praça esportiva em 2019, o Tricolor abriu o placar, mas acabou sofrendo o gol no final do segundo tempo e ficou no empate em 1 a 1 com o Vasco, na noite desta quinta-feira (5), pela 37ª rodada do Brasileirão. Gilberto marcou aos 44 minutos do primeiro tempo para os donos da casa e Marrony anotou o tento dos visitantes aos 39 da etapa final. É o oitavo jogo que o time baiano não faz o seu torcedor voltar para casa comemorando.

Garantido na próxima edição da Copa Sul-Americana antes mesmo de entrar em campo, o Tricolor tem agora 49 pontos e fecha a rodada na 11ª colocação na tabela de classificação. Com um a menos, o Cruzmaltino ocupa a 13ª posição.

Na derradeira rodada do Brasileirão com todos os jogos marcados para domingo (8), às 16h, o Bahia visita o Fortaleza no Castelão. Já o Vasco enfrenta a Chapecoense no Maracanã.

O JOGO

Bahia e Vasco começaram um duelo morno, mas com os donos da casa com a marcação adiantada. A primeira finalização foi dos baianos. Aos cinco minutos, Flávio arriscou de fora da área e Fernando Miguel espalmou. Gilberto pegou a sobra, girou e chutou para o gol, mas ela subiu demais indo direto para fora.

O jogo seguiu disputado com o Tricolor buscando o ataque. Enquanto o Cruzmaltino estava firme na defesa, mas sem conseguir armar boas tramas por causa da boa marcação dos donos da casa. Porém, aos 23 minutos, Gilberto quase abriu o placar. Artur descolou bom passe para o camisa 9 que escapuliu nas costas da defesa carioca e tocou na saída de Fernando Miguel, mas a bola caprichosamente passou do lado direito da trave e foi para fora.

Aos 27 minutos, numa tabela com Ribamar, Raul recebeu dentro da área e caiu na marcação de Moises. O árbitro Felipe Fernandes de Lima assinalou o pênalti. Porém, antes da cobrança, ele recorreu ao VAR e após assistir o lance, voltou atrás anulando a marcação.

Pênalti marcado com o VAR e Gilberto abre o placar

Numa jogada do Bahia pelo lado direito, Artur deu um lindo toque de calcanhar para Nino que levantou a bola na grande área. Gilberto tentou a cabecear, mas Ricardo Graça levantou a perna demais e acertou a cabeça do centroavante. A bola continuou rolando, mas Gilberto permaneceu caído no gramado com um forte sangramento. Após paralisar o jogo para o atendimento ao atleta, o árbitro foi conferir o VAR. Ele assinalou a penalidade máxima e mostrou o cartão vermelho para o defensor vascaíno. Após a marcação do pênalti, o staff do Bahia correu para pegar outra camisa para Gilberto. Ele mesmo cobrou no canto direito de Fernando Miguel e furando a rede para abrir o placar aos 44 minutos. Bahia 1×0 Vasco

 

Segundo tempo

Com um jogador expulso no final da etapa inicial, o Vasco voltou dos vestiários com duas alterações. Ribamar deu lugar a Marcos Júnior e Fellipe Bastos entrou na vaga de Raúl Cáceres. Já o Bahia, voltou com a mesma formação que iniciou a partida. Mas foi o Tricolor que carimbou a trave logo aos cinco minutos. Gregore recebeu próximo da grande área e soltou a bomba que explodiu no travessão de Fernando Miguel. O Cruzmaltino tentou responder na sequência, mas Nino Paraíba cortou da pequena área o cruzamento vindo da direita.

Aos oito minutos, Roger Machado foi obrigado a fazer a primeira alteração. O zagueiro e capitão Lucas Fonseca sentiu uma fisgada e pediu para sair dando lugar a Wanderson.

Nino Paraíba fez boa jogada aos 10 minutos. O lateral passou por três no meio campo carioca e chutou forte da entrada da área para a defesa do bem posicionado Fernando Miguel.

Aos 20, do meio da rua, Fellipe Bastos bateu para o gol, mas Douglas encaixou sem dificuldades.

O Bahia desperdiçou boa oportunidade aos 27 num contra-ataque em velocidade. Após o Vasco ir ao ataque e esbarrar na defesa tricolor, Artur engatou a quinta marcha e tentou a enfiada para Gilberto, mas o toque saiu um pouco forte e Fernando Miguel ficou com a bola.

Em 12 minutos em campo, Arthur Caíke recebeu dois cartões amarelos e foi para o chuveiro mais cedo. Aos 36, ele cometeu uma falta no meio campo e o árbitro mostrou o segundo amarelo e em seguida o vermelho.

Vasco empata
O Cruzmaltino empatou o jogo aos 39 minutos com Marrony. Gabriel Pec recebeu a enfiada e cruzou rasteiro para o atacante balançar as redes. Bahia 1×1 Vasco

No último contra-ataque do jogo, Moisés desperdiçou uma chance de ouro de dar o triunfo ao Bahia aos 49. Após erro de Richard, o lateral disparou, invadiu a área e chutou para a defesa de Fernando Miguel.

FICHA TÉCNICA
Bahia 1×1 Vasco
Campeonato Brasileiro – 37ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 05/12/2019 (quinta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Auxiliares: Frederico Soares Vilarinho e Ricardo Junio de Souza (ambos de MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira, auxiliado por Wanderson Alves de Sousa e Marcus Vinicius Gomes

Cartões amarelos: Flávio, Arthur Caíke, duas vezes, Douglas (Bahia) / Richard (Vasco)

Cartões vermelhos: Arthur Caíke (Bahia) / Ricardo Graça (Vasco)

Gols: Gilberto (Bahia) / Marrony (Vasco)

 

Bahia: Douglas; Nino, Lucas Fonseca (Wanderson), Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro; Artur, Élber (Arthur Caíke) e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

Vasco: Fernando Miguel; Raúl Cáceres (Fellipe Bastos), Werley, Ricardo Graça e Henrique; Richard, Andrey, Yago Pikachu e Raul (Gabriel Pec); Marrony e Ribamar (Marcos Júnior). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar