Inicio Esportes Equipes de basquete e futsal abrem disputas dos Jogos Universitários Brasileiros

Equipes de basquete e futsal abrem disputas dos Jogos Universitários Brasileiros

Por urandionline
Equipes de basquete e futsal abriram as disputas dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) nesta terça-feira (22). As atividades se concentraram no Ginásio Municipal de Lauro de Freitas e no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador. Até o dia 28 de outubro, mais de 2.500 atletas de todo o país participam da competição distribuídos em 13 modalidades. Os jogos voltam a acontecer na Bahia após 51 anos e têm apoio do Governo do Estado, que investiu R$ 6 milhões na competição, por meio da Secretaria do Trabalho e Esporte (Setre) e da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), além da Secretaria de Educação.
No Ginásio de Lauro de Freitas, teve disputa entre os atletas dos estados do Rio Grande do Sul e Fortaleza. No basquete, cada equipe irá realizar uma média de quatro jogos. O jovem Rafael Mota, do Rio Grande do Sul, falou sobre a expectativa. “É um momento gratificante. A gente vem de uma conferência bem competitiva e forte. Viemos mostrar o nosso trabalho e deixar um legado para as próximas gerações de atletas universitários para que acreditem no esporte”.
O técnico da equipe, Vinicius Fogaça, destacou a contribuição do JUBs para o esporte universitário. “Para a nós, a competição em si já é importante. No Rio Grande do Sul, por exemplo, estamos com incentivo bem baixo, no que se refere ao esporte. Estar no JUBs nos ajuda até mesmo a pleitear mais apoio e recursos para a prática esportiva em nossa universidade”, avaliou.
 
Futsal

Foto: Fernando Vivas/GOVBA
Primeiro dia de competições dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs)

A disputa do futsal levou atletas do Mato Grosso do Sul e Goiás para a quadra do Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras. Pela primeira vez participando dos JUBs, o atleta Carlos Júnior, do Mato Grosso do Sul, conseguiu realizar um sonho que não está, necessariamente, atrelado ao esporte. “Já viajei bastante jogando, mas nunca estive na região Nordeste. Hoje estou realizando um sonho que foi possível graças ao futebol. Salvador é uma cidade bacana e já percebi que tem muita coisa diferente pra conhecer”.
O técnico da equipe de Goiás, Felipe Morais, destacou que a competição pode ser o início para uma carreira profissional. “O nível da competição é muito alto e, apesar de serem atletas universitários, a maioria dos integrantes do nosso clube já joga em alguns clubes. Embora o intuito da competição não seja formar atletas, essa é uma porta que fica aberta”, ressaltou.
JUBs
Os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) contam com mais de 3.500 participantes, entre atletas, comissão técnica e organizadores. O público tem acesso gratuito aos jogos. Mais informações sobre o evento estão disponíveis no site da Sudesb.

Repórter: Jairo Gonçalves

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar