Inicio Esportes Alunas de escola municipal disputam Campeonato Nacional de Ginástica Rítmica

Alunas de escola municipal disputam Campeonato Nacional de Ginástica Rítmica

Por urandionline

As atletas Mirela Moreira e Riane Santos, ambas de 16 anos, estão prestes a realizar o sonho de participar do Torneio Nacional de Ginástica Rítmica, em São Paulo. A competição vai reunir 79 clubes de vários estados do país a partir desta quarta-feira (16) até domingo (20), na cidade de São Bernardo dos Campos. As adolescentes vão representar a Secretaria Municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel) na noite do próximo sábado (19), nos aparelhos arco e bola.

“A maioria dos participantes desse evento faz parte de clubes de alto rendimento. O nível da competição é muito alto, mas as minhas alunas estão treinando muito para fazer uma boa apresentação. Essa será uma oportunidade única e eu espero que elas façam uma boa competição e possam trazer uma medalha”, conta a professora de ginástica rítmica Tatyana Brandão. Para chegar à etapa nacional, as atletas enfrentaram a etapa regional em setembro. Mirela conquistou o primeiro lugar e Riane, o quarto.

Ambas começaram a treinar por meio do Projeto de Alto Rendimento Ginástica Rítmica da Semtel, que convida e seleciona alunas das escolas municipais para praticar o esporte. Mirela tinha 8 anos quando entrou para a equipe e Riane, 12. Atualmente, as duas treinam três vezes na semana, às segundas, terças e quintas, no Ginásio Nelson Cazumbá, em Nova Brasília de Valéria.

“Estou muito feliz com a classificação e um pouco ansiosa. Eu gosto muito do esporte e pretendo me formar em Educação Física, futuramente, para dar aula de ginástica rítmica e para que essa oportunidade se estenda a outras crianças”, conta Riane.

Projeto – Cerca de 2.800 alunas já passaram pelo projeto de alto rendimento da Semtel. Atualmente, 200 matriculadas na rede municipal treinam com Tatyana Brandão, sendo 150 da Escola Municipal Senhor do Bonfim, situada em Plataforma, e as outras 50 do Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora das Graças, localizado na Cidade Baixa. Entre as esportistas, 12 são atletas de alto rendimento com idade entre oito e 16 anos. O grupo representa Salvador em competições de nível municipal, estadual e nacional.

A proposta do projeto é trazer o esporte, ainda considerado elitista, para a realidade de crianças carentes da cidade. A seleção conta com o subsídio da secretaria para transporte e materiais utilizados nos treinos. Além disso, as despesas das atletas com passagem aérea, hospedagem e taxa de participação na competição nacional são custeadas pelo órgão.

Por:SECOM

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar