Inicio Esportes Palmeiras goleia o CSA no Pacaembu e segue na cola do Flamengo

Palmeiras goleia o CSA no Pacaembu e segue na cola do Flamengo

Por urandionline
Verdão continua na segunda colocação, a três pontos do líder. Time alagoano volta para a zona de rebaixamento

Show do Verdão!

O Palmeiras atropelou o CSA na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, e goleou por 6 a 2. Luiz Adriano (2), Bruno Henrique (2), Willian e Gustavo Gómez fizeram os gols do Verdão. Apodi e Ricardo Bueno foram os responsáveis pelos gols de honra da equipe alagoana. Do começo ao fim, o time de Mano Menezes mostrou muita rapidez e força no toque de bola, envolvendo totalmente o CSA. O técnico alviverde segue com 100% de aproveitamento desde que assumiu o comando da equipe: cinco jogos e cinco vitórias.

Primeiro tempo

O Palmeiras fez uma etapa inicial excelente contra o CSA. Em menos de 30 minutos, o Verdão abriu 3 a 0 no placar. Luiz Adriano abriu a contagem aos cinco, após cruzamento de Dudu. Willian, após assistência de peito de Bruno Henrique, fez o segundo aos 11. E o volante marcou o terceiro, aos 28. Totalmente dominado pelo time mandante, o CSA chegou com perigo duas vezes: uma em bicicleta de Apodi e outra em chute de Jonatan Gómez que Weverton fez grande defesa. Aos 46, já nos acréscimos, o Verdão fez o quarto, com Gustavo Gómez, de cabeça.

Segundo tempo

Na etapa final, o Palmeiras começou assustando o CSA em chute de Scarpa, logo aos dois minutos. Mas o time alagoano, com Apodi, foi que diminuiu aos seis minutos. O jogador acertou um lindo chute de longe, de três dedos, sem chance para Weverton. Só que o Palmeiras, depois disso, voltou a dominar a partida. Quase ampliou com Willian de cabeça – Jordi defendeu -, aos 26. Três minutos depois, porém, mais um gol de Luiz Adriano. Dessa vez após cruzamento de Lucas Lima. Deu tempo ainda para o Palmeiras marcar o sexto, aos 37, com Bruno Henrique, após passe de Dudu. O CSA encontrou espaço ainda para fazer o segundo, com Ricardo Bueno, de cabeça.

Por:GE

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar