Inicio Esportes Athletico bate Grêmio nos pênaltis e vai à final da Copa do Brasil

Athletico bate Grêmio nos pênaltis e vai à final da Copa do Brasil

Por urandionline
Furacão domina time gaúcho na Arena da Baixada, vence por 2 a 0 com gols de Nikão e Marco Ruben e conta com defesa salvadora de Santos nas penalidades; adversário na decisão será o Internacional

Resumão

O Athletico é finalista da Copa do Brasil. Empurrado por sua torcida, o Furacão transformou a Arena da Baixada em um caldeirão e conseguiu uma das maiores viradas de sua história ao bater o Grêmio por 2 a 0, devolver o placar da derrota no jogo de ida e levar a decisão da vaga para os pênaltis. Nas cobranças, os batedoras foram impecáveis até Santos defender a última cobrança de Pepê e colocar o time paranaense na decisão. Marco Ruben fez jus ao status de artilheiro, rompeu jejum de 12 jogos e foi decisivo para a classificação. A decisão será contra o Internacional.

Primeiro tempo

O Athletico criou o ambiente para reverter a vitória do Grêmio em Porto Alegre. O Furacão, empurrado pela torcida, pressionou o adversário durante todo o primeiro tempo. Só viu a situação estremecer em um lance dentro da área, quando a bola tocou no braço de Wellington, mas o árbitro Wagner Magalhães nada marcou. Depois, só deu Furacão. Em boa trama, Nikão ficou com o rebote de chute no travessão de Bruno Guimarães e empurrou para o gol. Faltava só um gol para levar a decisão para os pênaltis.

Segundo tempo

O ambiente de caldeirão deu resultado. De novo nos primeiros minutos, a pressão foi transformada em gol. Marco Ruben se antecipou a Pedro Geromel, dentro da área, logo no início da etapa final, e fez o segundo do Furacão. O panamora do primeiro tempo, com o Athletico no campo ofensivo, e o Grêmio na defesa, se repetia. O que piorou a partir da expulsão de Kannemann, por entrada muito forte em Léo Cittadini. Nos instantes finais, Marcelo Cirino ainda levou perigo, mas a decisão iria mesmo para as penalidades.

Público e renda

Público pagante: 28.841

Renda: R$ 1.370.315,00

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar