Inicio Polícia Polícia não indicia Neymar por estupro e agressão

Polícia não indicia Neymar por estupro e agressão

Por urandionline

A delegada responsável pelo inquérito que investigava as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra Neymar decidiu não indiciar o jogador pelas denúncias.

A investigação policial – primeira fase do processo – está concluída e será entregue nesta terça-feira ao Ministério Público, que levará 15 dias para decidir se vai apresentar denúncia à justiça, confirmou um porta-voz do Ministério Público de São Paulo à AFP.

O caso começou após contato através de uma rede social entre Najila e o atacante do PSG. Em seguida, em maio passado, a modelo foi a Paris, com passagem e estadia pagas por Neymar para estar com ele. Após dois encontros num hotel na capital francesa, a jovem retornou ao Brasil, onde acusou o jogador de agressão e estupro, utilizando como prova um vídeo gravado durante a segunda vez em que estiveram juntos.

Assim que a denúncia veio a público, o craque da Seleção Brasileira gravou um vídeo se defendendo das acusações, acrescentando que a relação foi consentida. Além disso, divulgou as trocas de mensagens com a modelo, inclusive com fotos íntimas de Najila.

Agora, após a conclusão do inquérito, o Ministério Público tem o prazo de 15 dias para solicitar o arquivamento do inquérito ou novas investigações.

Por:AFP

Foto:AFP/Arquivos / Anne-Christine POUJOULAT

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar