Inicio Esportes É HEXA! Brasil bate a Argentina, mantém hegemonia e conquista vaga para a Olimpíada de Tóquio

É HEXA! Brasil bate a Argentina, mantém hegemonia e conquista vaga para a Olimpíada de Tóquio

Por urandionline
Seleção feminina de handebol bate a Argentina pela quarta vez em cinco finais de Pan e chega ao sexto título consecutivo no torneio. Ouro em Lima garante o Brasil nos Jogos Olímpicos 2020.

A seleção feminina de handebol venceu a disputa mais importante do Brasil neste Pan de Lima até o momento. Vitória sobre a rival Argentina por 30 a 21. Sexto título consecutivo nos Jogos. E vaga assegurada para a Olimpíada de Tóquio 2020 em uma noite incrível. Todos os elementos de um grande clássico estiveram presentes no Ginásio Poliesportivo 1 de Videna, na capital peruana. Arquibancadas lotadas, os mais importantes dirigentes esportivos dos dois países nas tribunas, torcidas barulhentas, discussão com os árbitros e um jogão de handebol.

Hexacampeonato do Brasil. Tetra de Deonise. Tri de Ana Paula, Duda e Bárbara. Bi de Larissa, Tamires, Elaine e Jaqueline. Além do primeiro título de Renata, Bruna, Larissa, Adriana, Samara e Patrícia. Primeiro título do Pan do técnico espanhol Jorge Dueñas, que substitui o dinamarquês Morten Soubak, campeão mundial com esta seleção em 2013. Daquele time campeão do mundo, seis ainda estão na seleção: Deonise, Mariana, Duda, Elaine, Ana Paula e Bárbara.

Como uma grande noite de gala, porém, houve drama no começo. O Brasil começou mal na defesa e errando bolas fáceis no ataque. Dueñas logo trocou as goleiras. Saiu a capitã Bárbara e entrou a caçula do time, Renata Arruda, de 20 anos. A pernambucana, curiosamente, nasceu em 1999, mesmo ano em que a seleção ganhou o primeiro da sequência de seis títulos do Pan. Desde 1995, a seleção feminina não perde um jogo de handebol no Pan: já são 35 partidas invictas. Não seria deste vez, certo? Bom, a equipe correu sérios riscos depois de um primeiro tempo ruim.

A seleção só assumiu a frente do placar pela primeira vez aos 2 minutos do segundo tempo, após gol de Patrícia: 14 a 13. A continuação foi avassaladora. Minutos depois já estava 16, 17, 20 a 15. Renata seguiu sua atuação de gala no gol. Deonise, a única tetracampeã desse atual elenco, voltou a liderar o time. E o Brasil ganhou a terceira final consecutiva de Pan contra as rivais argentinas. Das últimas cinco decisões, quatro foram contra a Argentina. E o Brasil ganhou todas. Festa brasileira em Lima. Rumo a Tóquio!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar