Inicio Esportes Peru elimina o Uruguai na Copa América e vai pegar o Chile nas semis

Peru elimina o Uruguai na Copa América e vai pegar o Chile nas semis

Por urandionline

A Copa América chegou ao fim em Salvador. Mas, antes do torneio ir embora de vez, a capital baiana teve a importante missão de apontar o último dos quatro semifinalistas. Na tarde deste sábado (29), Uruguai e Peru mediram forças na Fonte Nova pela fase de quartas de final. A tônica desta fase final da competição se repetiu e, mais uma vez, o classificado foi definido nos pênaltis após o 0x0.

Maior vencedor do torneio, com 15 canecos, o Uruguai acabou derrotado por 5×4, ficou pelo caminho e aumentou para oito anos o tempo sem chegar à semifinal do torneio. Já os peruanos agora vão encarar o Chile. O duelo será na próxima quarta-feira (3), na Arena Grêmio, em Porto Alegre, às 21h30.

No duelo entre duas equipes que buscaram o jogo o tempo todo, sobrou intensidade na marcação. Com as defesas bem ajustadas, Peru e Uruguai iam conseguindo parar os ataques adversários. A Celeste até criou boas chances, mas parecia precisar de um pouco mais de sorte.

Na jogada individual de Suárez, Cavani recebeu livre, porém, debaixo da trave, isolou e perdeu um gol inacreditável. Menos mal porque o árbitro flagrou impedimento na origem da jogada. Aos 28 minutos, foi a vez de Arrascaeta pegar sobra de bola na grande área e estufar as redes. O atacante do Flamengo até saiu comemorando, só que a arbitragem voltou a apontar impedimento e anulou o gol.

O Uruguai seguiu desperdiçando chances no primeiro tempo. O chute de Cavani parou na defesa de Gallese. Já Suárez furou a tentativa de voleio dentro da área e também ficou no quase.

Do lado peruano, a galera ficou pedindo pênalti quando Guerrero invadiu a área e foi derrubado por Giménez. O árbitro mandou seguir. Minutos depois o camisa 9 voltou a aparecer outra vez em lance que dividiu com o goleiro Muslera e não conseguiu finalizar.

De mais legal no primeiro tempo só mesmo a torcida peruana. Nem mesmo a forte chuva que caiu em Salvador desanimou o grupo que cantava sem parar.

Sem pontaria
Os uruguaios voltaram para o segundo tempo determinados a mudar a história do jogo, só que mais uma vez pecavam na pontaria. Na falta forte cobrada por Valverde, Gallese teve que se esticar todo para evitar o gol. Na sequência foi a vez de Godín não aproveitar o passe açucarado e, na pequena área, isolar.

Assim como no primeiro tempo, o Uruguai voltou a marcar um gol. Na escapada em velocidade do ataque, Cavani ficou cara a cara com Gallese e vazou o goleiro peruano. Mas novo impedimento foi marcado e o árbitro anulou o gol.

O ataque uruguaio não estava mesmo em boa sintonia. Aos 27 minutos, foi a vez de Suárez completar o cruzamento de Cáceres para o gol, contudo pela terceira vez no jogo, o impedimento foi marcado e o gol anulado.

Meio tímido, o Peru se limitava a defender e pouco criava na frente. O jogo deu uma esfriada e nem mesmo os sete minutos de acréscimos dados pela arbitragem foram suficientes para tirar o 0x0 do placar. Sem gols, o jeito foi definir a vaga nas cobranças de pênaltis.

Na primeira cobrança, Gallese pegou o chute de Suárez. Enquanto isso, Guerrero colocou o Peru em vantagem. Cavani deixou tudo igual, mas Ruidíaz voltou a marcar para os peruanos. Todos os jogadores seguiram marcando até que, na última cobrança, Flores bateu no meio do gol de Muslera e colocou o Peru na semifinal.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar