Inicio Urandi Polêmicas sobre o abastecimento de água marcam sessão da Câmara e projeto é aprovado

Polêmicas sobre o abastecimento de água marcam sessão da Câmara e projeto é aprovado

Por urandionline

Depois de quase duas horas de debates acalorados, a Câmara Municipal de Urandi votou e aprovou, na sessão desta terça-feira (12), o polêmico projeto lei 12/2018, que autoriza o poder executivo do município, celebrar convênio com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) para o controle da Estação de Tratamento de Água e permissão para gerir e cobrar uma taxa pelos serviços de abastecimento de água no espaço territorial.

O projeto foi aprovado por 6 votos a favor e 4 contra.

O prefeito Dorival do Carmo esteve na Câmara e esclareceu na tribuna do legislativo municipal aos munícipes à crise hídrica instalada no município.

“Sabemos que tem sido bem difícil o abastecimento de água, vamos realizar um ciclo de audiências públicas e discutir com a população, buscando o melhor para o nosso povo. A captação depende dos recursos naturais e estamos enfrentando períodos de estiagem. A cidade cresceu muito e a área mais alta não está dando para ser abastecida de forma continua e nesses casos estamos utilizando carros-pipa”, afirmou o prefeito.

O projeto causou polêmica entre os pares. Na oportunidade, o vereador Mateus de Bom Preço chamou todos para o debate, fez críticas à forma do projeto e era contra o convênio para implantação dos serviços da Embasa no município.

 

 

 

 

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar