Inicio Polícia Feira de Santana registra seis meses de reduções em mortes violentas

Feira de Santana registra seis meses de reduções em mortes violentas

Por urandionline
Ações conjuntas das polícias Militar e Civil resultaram na queda de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte -, nos últimos seis meses, no município de Feira de Santana (distante 118 km de Salvador). Com mais de 495 mil habitantes, a cidade apresentou uma redução de 42,9% de mortes violentas, de setembro de 2018 a fevereiro de 2019, comparado ao mesmo período de 2017/2018.
Segundo o comandante do Policiamento na Região Leste, coronel PM Luziel Andrade, a atuação se intensificou nesse período com a ‘Operação das Barreiras’. “Identificamos os pontos mais sensíveis, realizamos abordagens e com isso conseguimos fazer muitas apreensões de armas e drogas então, consequentemente, o resultado se mostrou na queda nos registros de crimes”, destacou acrescentando que os apoios do Batalhão de Choque e Grupamento Aéreo da PM foram essenciais.
O oficial ainda ressaltou a importância das ações de combate à poluição sonora. “Observamos que os locais e festas com paredões de som tinham uma incidência maior de mortes e de tráfico. Acredito que as operações realizadas nesse sentido também foram expressivas para o resultado”, afirmou coronel Luziel.
Já o delegado Roberto Leal, titular da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana), enfatizou que as ações conjuntas foram peças chaves para a redução em CVLI. “Tivemos a Operação Capitãs de Areia em setembro de 2018 com 120 policiais, conjunta com a Polícia Militar. Resultou em 16 mandados de prisão cumpridos, seis prisões em flagrante e mais de 60 armas de fogo localizadas”, disse.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar