Inicio Esportes Palmeiras repete 2018 e estreia na Libertadores com vitória sobre o Junior

Palmeiras repete 2018 e estreia na Libertadores com vitória sobre o Junior

Por urandionline
Gustavo Scarpa marca no início, e Marcos Rocha completa no fim; um ano atrás, também em Barranquilla, time também venceu bem e contou com expulsão de rival

Vitória na estreia

O Palmeiras, pelo segundo ano seguido, começou a Copa Libertadores com uma vitória sobre o Junior Barranquilla, na Colômbia. O placar de 2 a 0, na noite desta quarta-feira, é suficiente para dar tranquilidade à equipe de Felipão na abertura da fase de grupos do torneio. Gustavo Scarpa, no início, e Marcos Rocha, nos acréscimos do segundo tempo, marcaram os gols do Verdão. Mais uma boa estreia em solo colombiano para o Palmeiras

Primeiro tempo

O Palmeiras começou muito bem, com marcação adiantada e pressionando a saída de bola do Junior – aos 10 minutos, o Verdão já tinha três finalizações, contra nenhuma do time da casa. Numa delas, Gustavo Scarpa rolou para Dudu, recebeu de volta dentro da área e abriu o placar, mostrando um Palmeiras de muita movimentação dos quatro jogadores de ataque (Scarpa, Dudu, Ricardo Goulart e Borja). Depois, porém, a equipe de Felipão diminuiu o ritmo e deixou o Junior Barranquilla ter a bola nos pés – a posse chegou aos 54% para os colombianos. A melhor chance só saiu em cobrança de falta do goleiro Viera, que exigiu defesa difícil de Weverton.

Segundo tempo

À espera de contra-ataques, o Palmeiras continuou deixando a bola com o Junior Barranquilla, que criou mais, teve certo controle do jogo, mas sem objetividade – sempre com um toque ou drible a mais do que o necessário. O Verdão só acertou um lance longo, em falha de Ditta que Borja não aproveitou dentro da área. Felipão lançou Moisés e Hyoran nas vagas dos desgastados Goulart e Scarpa, sem muito efeito. O Palmeiras só ficou mais tranquilo aos 30 minutos, quando Teo Gutiérrez deu um chute em Bruno Henrique e acabou expulso. No fim, em contra-ataque, Borja segurou dois zagueiros e rolou para Marcos Rocha ampliar.

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Proibido plagiar