Artista Plástico mantém em família tradição de construir presépios no Natal

0
385

Árvores com vários enfeites e luzes e papais noéis são símbolos que nunca faltam na decoração de Natal. Mas o presépio, espécie de maquete que retrata o momento do nascimento do menino Jesus, muitas vezes é esquecido. A reportagem do Urandi On Line esteve na residência de Carlos Liberato Silveira Santos para registrar os trabalhos realizados por ele.

Faltando sete meses para o Natal, Carlos Silveira mantém a tradição de montar o presépio com a cena do nascimento de Jesus Cristo, uma tradição que já vem dos seus antepassados e que hoje ainda perdura no seio da sua família.Mesmo sem contar com apoio o projeto de montagem do ano 2018 já se encontra em andamento.

O artista plástico Carlos Silveira, 62 anos, é o responsável pela montagem da maioria dos presépios na cidade de Urandi. Segundo ele, há 20 anos começou a realizar a montagem da cena onde nasceu o menino Jesus. “Tudo começou com minha mãe, herdei este costume dela, que todos os anos montava presépio. Cresci vendo esta tradição e quando ela morreu dei continuidade.O presépio é uma montagem com material reciclável e tudo é feito de forma muito artesanal com muito cuidado e detalhes”, descreve.

No ano de 2007 o artista urandiense fez bonito em um Concurso Nacional. Foi premiado no concurso ‘Prêmio Culturas Populares 2007 Mestre Duda 100 anos de Frevo’, realizado pelo Ministério da Cultura por meio da Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural.

 

Foto: Presépio ano 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui